Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa

10 anos de Centro de Frutologia Compal

13/05/2022
foto
Para comemorar o aniversário foram entregues Bolsas de Apoio no valor de 100 mil euros.
O Centro de Frutologia Compal comemora 10 anos de estímulo ao setor frutícola nacional. por ocasião da comemoração e da 9ª edição da Academia do Centro de Frutologia Compal foi decidido entregar 5 Bolsas de Apoio à Instalação - em vez das habituais 3 - para distribuir entre os melhores projetos.

Este ano o júri da Academia decidiu destacar Clara Barradas e o seu pomar de maçãs de Armamar, José Ferrão e os seus 4 hectares de limão biológico na Azaruja, Liliana Henriques e as suas plantações de bagas e kiwis amarelo e vermelho, Sandra Amaral e as suas estufas de morango e mirtilos, e, por fim Sandra Francisco e a sua inédita variedade de maça vermelha em Lamego. Em causa “o grau de conhecimento técnico demonstrado pelos, aliado a projetos que relevaram uma atenção cuidada ao seu impacto ambiental (vários apresentando certificações biológicas) e o desenho de estratégias seguras de comercialização e valorização dos seus produtos”.

Sobre a Academia Marta Baptista, da Confederação Nacional Das Cooperativas Agrícolas E Do Crédito Agrícola De Portugal (CONFAGRI), refere que “temos bem presente o impacto desta Academia, não só pela formação, mas também pela ligação que cria entre os participantes e todo o setor, com destaque para empresários e técnicos agrícolas, cooperativas e organizações de produtores, com quem trabalham para garantir a sustentabilidade dos seus pomares e negócios agrícolas.”

Firmino Cordeiro, Diretor da Associação de Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) e membro do júri da Academia, por seu lado, destacou o impacto desta iniciativa na formação dos jovens fruticultores no nosso País: “É impressionante ver a quantidade e qualidade de conhecimento técnico com que estes jovens se apresentam ao final do percurso na Academia; é efetivamente um sinal de um setor em rejuvenescimento e com uma nova garra e elevadas competências inclusivamente para além da competência agrícola.”

Clara Barradas foi uma das contempladas com uma Bolsa: “Para mim foi uma experiência muito especial, até porque não sou licenciada e por isso para mim foi uma surpresa a dobrar [vencer face a um grupo de formados na área]. Foi uma experiência extraordinária e por isso digo que já tinha ganho mesmo antes de ter subido ao palco”. Já para Sandra Amaral “foi uma experiência muito especial, até porque não sou licenciada e por isso para mim foi uma surpresa a dobrar [vencer face a um grupo de formados na área]. Foi uma experiência extraordinária e por isso digo que já tinha ganho mesmo antes de ter subido ao palco.”

Cada um dos produtores contemplados recebe 20 mil euros para poder apoiar financeiramente os seus projetos, custear necedades e colocar em ação muitas das ideias apresentadas.

Ao final de 10 anos de Academia Centro de Frutologia Compal, são já 109 produtores formados, 24 frutas abrangidas e €550.000 atribuídos em bolsas de apoio à instalação, sempre com o compromisso de promover a fruticultura nacional, apoiar os produtores portugueses e dar visibilidade à fruta portuguesa.

Anefa: ExpoforestalSyngenta Crop Protection, Lda.Cnema 04-12/06Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial