Informação profissional para a agricultura portuguesa
Máquina centrada em culturas em sebe, especialmente olival e amendoal

Braud 11.90X Multi: máquina de colheita cavalgante da New Holland

Ángel Pérez26/05/2021

A New Holland responde à evolução do mercado do olival e amendoal com a nova máquina cavalgante Braud 11.90X Multi, especialmente concebida e construída para culturas em sebes, também conhecidas como superintensivas.

foto

As primeiras unidades chegarão a Espanha e Portugal nas próximas semanas.

A evolução crescente das plantações em sebe levou a New Holland a colocar no mercado uma máquina de colheita cavalgante especialmente focada nas oliveiras e amendoeiras, mas também adequada para outros tipos de culturas lenhosas, como algumas árvores de fruto, que no futuro poderão ser adaptadas ao modelo superintensivo (1.200-2.500 plantas/ha).

Há já algum tempo que a New Holland oferece um modelo específico para olival em sebe, a B9090X Olive. Agora acrescentou o Braud 11.90X Multi à sua gama, que é a resposta às novas exigências do mercado e oferece oportunidades adicionais para o aumento da produtividade. O facto de poder ser utilizada para mais do que uma cultura permite que o período de amortização da máquina possa ser reduzido, uma vez que o tempo de utilização anual será mais longo, pois oliveiras e amendoeiras são colhidas em diferentes alturas do ano.

foto

A largura dos sacudidores pode ser ajustada ao volume da sebe a partir da cabina, em movimento.

Já passaram 25 anos desde que a New Holland começou a oferecer soluções para olivais e dez anos para amendoais. Ao longo do caminho, foi-se especializando a fim de oferecer o que o mercado exigia. Assim, em 2010 veio o lançamento do modelo Olive - que permanecerá no catálogo - e agora provou é capaz de oferecer um equipamento mais produtivo e eficiente, que lhe permita melhorar a rentabilidade dos seus clientes.

Culturas

Olival: Ocupa uma superfície mundial de 11 milhões de hectares. Praticamente metade está localizada na bacia do Mediterrâneo e 30% na Península Ibérica: 2.751.000 ha em Espanha e cerca de 350.000 ha em Portugal.

Destes, cerca de 170.000 ha em Espanha e 40.000 ha em Portugal, são plantações em sebe, das quais 70.000 ha em Espanha e 18.000 ha em Portugal nas últimas cinco campanhas. “Para este ano esperamos que sejam plantados 17.000 ha em sebe e para os próximos anos pensamos regressar a um ritmo normal de cerca de 10.000 ha/ano, o que representa mais de 50 máquinas”, afirma Javier Calvo. “Esta taxa de plantação dependerá do preço do azeite e da necessidade de manter o equilíbrio entre a oferta e a procura, que neste momento é ótimo”, acrescenta o perito da New Holland neste tipo de produtos.

Amendoal: a Espanha dedica cerca de 670.000 ha a esta cultura. Na última década, a área cresceu para modelos mais produtivos, mas com plantações intensivas, não em sebe, para recolher com vibradores, lonas e redes de arrasto. Os dados para a campanha 2019-2020 mostram uma produção em Espanha de 101.000 toneladas de pepita, o que significa que a maior parte da superfície é de amendoal tradicional, de sequeiro e pequenas plantações.

"É um modelo não competitivo e obsoleto, que nos deixa muito atrás da Califórnia – que representa 80% da produção mundial de amêndoa – onde com menos 10% de superfície (600.000 ha em comparação com 670.000 ha em Espanha) produz dez vezes mais do que nós", explica Calvo. Na empresa está claro que há “um longo caminho a percorrer para melhorar a produtividade através da mecanização e, para isso, o setor precisa de uma solução eficaz”.

Outras culturas: Na New Holland estão “certos de que o modelo em sebe também será implementado noutras culturas”. Já realizaram ensaios de colheita com maçãs, laranjas, ameixas e outros produtos para a indústria suscetíveis de colheita mecanizada, analisando variedades adaptáveis. “Certamente, teremos oportunidades de negócio a médio prazo, uma vez que a Braud 11.90X Multi está preparada para estas culturas e provámos a sua eficácia na última experiência que fizemos com a colheita de laranjas, onde se viu claramente a sua capacidade ”, diz Calvo.

foto

Espanha e Portugal são responsáveis por 80% do mercado

Esta linha de produtos é fabricada em Coex (França). A produção estimada para esta campanha de modelos apenas para olival atinge 98 unidades, a maioria delas destinadas à Península Ibérica, dado que a Espanha representa 50% do mercado e Portugal, 30%. “E é um mercado que está a crescer a nível mundial”, afirma Francesco Zazzetta, diretor-geral da New Holland para Espanha.

Algumas características da Braud 11.90X Multi

Aspeto externo – A sinalética mantém a identidade da marca, incluindo o termo ‘Multi’, devido à sua possível utilização em várias culturas. É mais alta do que os modelos anteriores (aro R34), embora as dimensões não impeçam que seja facilmente deslocada, um aspeto muito importante para as empresas de serviços agrícolas.

Túnel de entrada – Maior amplitude na entrada graças à abertura do chassis, o que favorece a preparação da cultura no seu acesso à zona de agitação sem causar perdas na parte da frente, especialmente nas amendoeiras. O objetivo do fabricante é que 97% da fruta colhida chegue às tremonhas. O túnel também protege outras partes essenciais da máquina, tais como o motor e a cabina.

foto

A largura da cabeça de colheita varia em 6cm entre as áreas de entrada e saída.

Guia de entrada para a cabeça de colheita – Largura de entrada 24 cm e largura de saída 30 cm. Dimensões desiguais para que a sebe esteja centrada. Duas guias de 3cm cada reduzem o espaço, favorecem o tremor e o desprendimento dos frutos, preservando a planta. A largura é novamente maior na zona de descompressão para uma saída mais confortável da sebe. Esta modificação destina-se a plantações maduras que ainda têm potencial produtivo.

Sistema de agitação – Tal como o modelo anterior, tem 21 sacudidores em cada lado e à mesma altura. A grande novidade é a maior separação de abertura dos sacudidores virados uns para os outros, um aspeto importante nas culturas de madeira rígida, como as amendoeiras, que também têm maior facilidade de desprendimento de frutos.

Zona de descompressão – Com a sebe já abanada, os frutos e ramos descomprimidos entram nesta zona, que tem 1,10m de comprimento. É um detalhe técnico centrado em sebes com alta densidade vegetativa, uma vez que há mais tempo e espaço para que a fruta chegue aos cestos e não caia para fora. De acordo com o fabricante, este novo modelo é capaz de colher 5,5ha nas mesmas condições e no mesmo tempo anteriormente utilizado para colher 4ha.

Sistema de transporte – Baseia-se num sistema de cestos que abraçam os troncos, acompanhando-os até deixarem a cabeça de colheita, conduzindo o material recolhido para as tremonhas. A Braud 11.90X Multi tem um novo tamanho de cestos com 75% mais volume na mesma largura, para enfrentar sebes com maiores produções ou com menor densidade do que o olival.

Receção e limpeza – Os elementos de receção das duas noras são duas correias transportadoras, de 40cm de largura, que se adaptam a materiais de baixa densidade e oferecem maior volume, dado que são distribuídas numa película mais fina para limpeza.

Desempenho – Tem duas tremonhas nas laterais com uma capacidade de 5.000 litros. O ponto de viragem e descarga é superior a três metros para facilitar o acesso aos reboques. A marca está a desenvolver outra versão com um braço de descarga contínua, juntamente com uma tremonha de armazenamento temporário.

Chassis – O espaço livre dos braços telescópicos, tanto à frente como atrás, é de 80-82 cm, para facilitar o acesso aos camalhões e em condições muito húmidas.

foto

A folga de mais de 80cm facilita o trânsito através da cultura, especialmente em solos húmidos.

Trator – Tem uma largura até 3,50m a fim de favorecer um processamento mais suave das sebes. Transmissão hidrostática com a capacidade de lidar com declives até 25%. Rodas de 34“no eixo traseiro e de 28” no eixo dianteiro. Ângulo de viragem de 90° no eixo dianteiro.

Conetividade – Para poder gerir em tempo real parâmetros diferentes da máquina, e ainda mais unidades, a partir de um dispositivo periférico, como o posicionamento ou diagnóstico remoto em caso de anomalia. A marca acrescenta também serviços de formação (Harvest Master) para operadores, o que inclui conteúdos teóricos e práticos.

foto

O Braud 11.90X Multi conta com um sistema automático de rastreio de faixas.

“Era fácil acomodarmo-nos”

Fernando Garcia, diretor-geral da New Holland Portugal, quis sublinhar o esforço da empresa em se exceder. “Teria sido fácil acomodarmo-nos com o sucesso que tivemos com este produto nos olivais, mas decidimos inovar e oferecer uma máquina completamente nova”.

STETChaparro Agrícola e Industrial, S.L.Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial