Informação profissional para a agricultura portuguesa

Atualidade da olivicultura

A importância da proteção do olival no outono

Os tratamentos de outono visam controlar e prevenir as principais doenças causadas por fungos que afetam a parte aérea do olival. O olho-de-pavão é a principal, mas também é importante proteger as oliveiras da tuberculose, da antracnose e da fumagina.

Foto de Olivais de sequeiro são os melhores aliados no combate às alterações climáticas

Olivais de sequeiro são os melhores aliados no combate às alterações climáticas

Uma equipa da Universidade de Jaén demonstrou o efeito benéfico dos olivais na retenção do principal gás com efeito de estufa, o CO2. Neste estudo verificou-se que, no cultivo tradicional, foi retirado da atmosfera mais CO2 do que no cultivo intensivo. O trabalho mediu o impacto ambiental da produção de azeite, tanto na fase agrícola como na industrial. Também avaliou o balanço e a pegada de carbono em plantações com diferentes densidades de árvores...

Foto de A mecanização da poda do olival

A mecanização da poda do olival

Breves conceitos
Poda mecânica: intervenções de poda realizadas com uma máquina de podar montada em trator ou com máquina de podar automotriz. Existem máquinas de podar de serras circulares e máquinas de podar de barra de corte com movimento alternativo.
Poda manual assistida mecanicamente: intervenções de poda executadas por podadores com máquinas portáteis. Consideram-se máquinas portáteis as tesouras de poda elétricas e pneumáticas, os corta-sebes e as motosserras...

Foto de Luta não química é grande aposta para travar ameaças à oliveira

Luta não química é grande aposta para travar ameaças à oliveira

A luta não química, nomeadamente a captura massiva, é hoje a arma mais usada contra a principal praga da oliveira – a mosca-da-azeitona, depois da proibição do uso do Dimetoato. Fernando Rei, professor e investigador da UÉ, dedicou-se ao tema e criou três novos dispositivos.

Foto de Universidade de Évora desenvolve novos dispositivos para combater uma das pragas com maior importância económica em todo o olival

Universidade de Évora desenvolve novos dispositivos para combater uma das pragas com maior importância económica em todo o olival

A Universidade de Évora (UÉ) desenvolve três dispositivos para captura em massa de insetos voadores, em particular para limitação da mosca-da-azeitona (Bactrocera oleae), em todos os regimes de plantação de olival (tradicional, intensivo e superintensivo). Com um desenho inovador e um funcionamento autónomo e ativo, os sistemas desenvolvidos pela UÉ aguardam atribuição de patente europeia.

Foto de Olival em sebe é a aposta, no amendoal vence o intensivo

Olival em sebe é a aposta, no amendoal vence o intensivo

O olival, e mais recentemente o amendoal, têm tido um crescimento exponencial nos últimos anos, principalmente na zona de Alqueva. Como sempre há defensores e críticos, falámos com a produção e com a academia, e a conclusão parece ser unânime: o olival em sebe tem futuro e o seu impacto é idêntico, ou até menor, ao de outras culturas. Já em relação ao amendoal ainda há muito desconhecimento, por isso, para já, o conselho é ficar pelo modo intensivo...

ADP FertilizantesChaparro Agrícola e Industrial, S.L.Jaba: tradução 4.0Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.Consulai

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial