Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.
Informação profissional para a agricultura portuguesa

Flavescência dourada da videira: conhecidas zonas de intervenção prioritárias em Portugal

30/08/2022

Foi publicado o Despacho n.º 10348/2022, que aprova a lista de freguesias que constituem as zonas de intervenção prioritárias, bem como a lista de freguesias onde se registou a presença do Scaphoideus titanus Ball., para 2022.

foto
Foto: IVDP.

Recorde-se que a Flavescência Dourada da vinha é uma das doenças cloróticas mais graves da vinha estando incluída desde 1993 na lista de organismos de quarentena na União Europeia. É provocada por um fitoplasma que é específico da videira e se transmite por meio de um inseto vector, o cicadelídeo Scaphoideus titanus.

A Flavescência Dourada apresenta um conjunto de sintomas típicos. Os primeiros sintomas aparecem em videiras isoladas em princípios de Junho. Geralmente a doença manifesta-se nas partes aéreas da videira, por:

  • Descoloração das folhas, com enrolamento para a página inferior acompanhado de amarelecimento nas castas brancas e vermelhão nas castas tintas
  • As folhas tornam-se sobrepostas umas sobre as outras, ficam duras e quebradiças
  • As varas não atempam e ficam pendentes em forma de 'chorão'
  • Ocorre dessecamento das inflorescências logo à floração ou emurchimento dos bagos ao pintor.

Desde que seja detetada a doença num determinado local é imprescindível estabelecer um programa de eliminação do inseto vector, para limitar a sua dispersão.

A Flavescência Dourada afeta a quantidade e a qualidade da produção, pondo em risco a curto prazo a sustentabilidade económica de qualquer exploração vitivinícola.
Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.Atlas – Mediadora de Seguros Lda.Iaas-UtadAgrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.Cnema – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, S.A.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial