Filsa: controladores de nivel para sólidos y líquidos
Informação profissional para a agricultura portuguesa

Revista Agriterra é media parter do evento

Sever do Vouga acolhe 11º Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo

Redação Agriterra20/09/2022

Evento regressa a Sever do Vouga nos dias 28 e 29 e é organizada pela Associação Nacional de Produtores de Mirtilo (ANMP)

foto
O concelho de Sever do Vouga - pioneiro na produção de mirtilos em Portugal - recebe a 28 e 29 de outubro o encontro nacional de produtores do pequeno fruto, num ano marcado por grandes constrangimentos no setor.

"A fileira debate-se com vários desafios e este será, certamente, um importante momento de reflexão, num município que todos os produtores reconhecem pelo legado e importância na história do mirtilo e que acolhe pela primeira vez este evento", afirma Carlos Adão, presidente da Direção da Associação Nacional de Produtores de Mirtilo (ANPM), entidade organizadora em conjunto com a Cooperativa Bagas de Portugal.

“A gestão eficiente da água, a utilização das novas tecnologias no contexto agrícola, ou a afirmação da qualidade do mirtilo de Portugal, são algumas das temáticas que estarão em cima da mesa”, sublinha o mesmo responsável.

Em debate estarão os seguintes temas:

  • Origem da cultura do mirtilo em Portugal
  • Tendências de futuro no mercado do mirtilo
  • Água: a eficiência do uso da água na cultura do mirtilo
  • Solo: a importância do estado físico, químico e biológico do solo na cultura do mirtilo
  • Conservação do mirtilo em prateleira 
  • Controlo de qualidade: colheita e pós-colheita 
O evento conta ainda com visita às primeiras plantas de mirtilo em Portugal, que datam de 1990, bem como visita a exploração de mirtilos.

O Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo - já na sua 11ª edição - congrega produtores, mas também técnicos, fornecedores, consultores, investigadores e comercializadores, tendo vindo a atrair cada vez mais participantes, nacionais e internacionais.

A organização tem a parceria do INIAV - Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, COTHN - Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional, contando com o apoio da Câmara Municipal de Sever do Vouga.

Saiba mais aqui.

Programa

foto
O mirtilo foi introduzido em Portugal, precisamente em Sever do Vouga, em 1990, pela mão de técnicos holandeses da Fundação Lockorn, instituição que possuía, na altura, uma relação comercial com a Cooperativa Agrícola de Sanfins.
Após experiências efetuadas em vários pontos do país, constatou-se que este concelho do distrito de Aveiro reunia as condições ideais que, associadas às características do solo e do seu microclima, permitiam a produção precoce do mirtilo. A primeira experiência-piloto ocorreu em terrenos da Fundação Bernardo Barbosa de Quadros, na freguesia de Rocas do Vouga, uma plantação que será alvo de uma visita técnica, no âmbito do programa do Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo.
ANPMAsfertglobal, Lda.Chaparro Agrícola e Industrial, S.L.Centro Nacional de Competências dos Frutos SecosCNH Industrial Portugal, Lda (New Holland Portugal)Tractores Ibéricos, Lda. - KubotaHerculano - Alfaias Agrícolas, S.A.Agrogarante - Sociedade de Garantia Mútua, S.A.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial