Envita
Informação profissional para a agricultura portuguesa
Distinguir o que de melhor se faz na olivicultura portuguesa

Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura está de volta

27/02/2024

O Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo (CEPAAL) anunciou que estão abertas as inscrições para a edição 2024 do Concurso de Azeite Virgem, a decorrer até ao dia 8 de abril. Valpaços acolhe este ano esta emblemática iniciativa que integra a Feira Nacional de Olivicultura - Olivalpaços que terá lugar de 17 a 19 de maio.

Imagen

Uma iniciativa que premeia o que de melhor se faz na olivicultura portuguesa, valorizando e reconhecendo o trabalho dos produtores nacionais. De acordo com os dados mais recentes disponíveis, Portugal é o maior produtor de azeite de alta qualidade e o sexto maior produtor de azeite do mundo com uma área de olival superior a 380.000 hectares e uma produção anual de cerca de 150.000 toneladas, distinguindo-se no contexto internacional pela elevada qualidade dos seus azeites com 90% da produção nacional anual a ser constituída pelo Virgem Extra.

Num contexto em que desde o início deste século a produção nacional de azeite mais do que quintuplicou e as exportações aumentaram já mais de 12 vezes tendo ultrapassado os 1.000 Milhões de Euros em 2023, este concurso ganha particular relevo enquanto ferramenta essencial para a promoção de um sector primordial da economia portuguesa. As inscrições estão a decorrer até ao próximo dia 8 de abril e irão distinguir a qualidade de lotes homogéneos de Azeite Virgem Extra produzidos na campanha 2023/2024 que sejam propriedade de produtores com lagar próprio sediado em Portugal; que recorram à prestação de serviços de extração de azeite a partir de azeitona própria, proveniente de olivais situados em Portugal; sendo que cada lote a concurso corresponderá a uma quantidade não inferior a 1.000 litros de azeite de características homogéneas.

Os vencedores serão revelados no final da 7ª edição do Congresso Nacional do Azeite, que irá ter lugar na Feira Nacional de Olivicultura em Valpaços no dia 17 de maio. Mais informações e o regulamento estão disponíveis aqui ou pelo email: cepaal@azeitedoalentejo.pt.

Em 2024 o Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura ruma a Valpaços para a Olivalpaços. O concurso é anualmente realizado pelo Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo (CEPAAL) em parceria com os municípios de Moura e Valpaços, promotores conjuntos da Feira Nacional de Olivicultura.

O Concurso de Azeite Virgem da Feira Nacional de Olivicultura conta com o apoio de um Painel de Provadores Nacionais de referência, que ao longo de dois dias em provas cegas procede à análise dos Azeites a Concurso, premiando quer os melhores blends nacionais, com a distinção “Prémio Feira Nacional de Olivicultura”, quer os melhores Azeites com Denominação de Origem Protegida, os melhores Azeites produzidos em modo de produção biológica, os melhores Azeites de Quinta e de Cooperativa e os melhores monovarietais de Galega e Cobrançosa.

REVISTAS

Olival 2024EvolyaFNA24

NEWSLETTERS

  • Newsletter Agriterra

    17/04/2024

  • Newsletter Agriterra

    10/04/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.agriterra.pt

Agriterra - Informação profissional para a agricultura portuguesa

Estatuto Editorial